Doença de Crohn: Sintomas, Tratamentos e tudo o que você precisa saber

Doença de Crohn: Sintomas, Tratamentos e tudo o que você precisa saber

Doença de Crohn: Sintomas, Tratamentos e tudo o que você precisa saber

A Doença de Crohn nada mais é do que uma doença inflamatória que afeta principalmente a parte inferior do Intestino Delgado (íleo) e o Intestino Grosso (cólon). Apesar disso, a doença de crohn pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal.

 

É uma doença crônica que é provocada pela desregulação do sistema imunológico. Ou seja, é uma doença que surge quando há problemas no sistema de defesa do organismo de uma pessoa. Ela costuma aparecer quando a pessoa já está em uma idade mais avançada. Mesmo assim, a Doença de Crohn pode afetar qualquer faixa etária.

 

Para saber mais sobre a Doença de Crohn, continue lendo o artigo a seguir.

Sintomas da Doença de Crohn

 

A Doença de Crohn pode causar diarreia, cólica abdominal, febre, e até mesmo sangramento retal. Além disso, a doença também pode causar perda de peso e de apetite.

 

No caso da diarreia, ela pode se desenvolver lentamente ou começar de forma súbita. É possível também sentir dores nas articulações, entre algumas lesões na pele.

 

As dores nas articulações são bastante comuns em quem tem a Doença de Crohn, assim como a falta de apetite e a perda de peso.

 

Outros sintomas mais precoces da Doença de Crohn são algumas lesões na região do ânus. Essas lesões incluem hemorroidas, abscessos e fissuras.

 

Em alguns casos, as úlceras e as inflamações podem fixar nas paredes intestinais, dando origem a um abscesso, que nada mais é do que uma coleção de pus. Pode também ser formada uma fístula. Fístula é uma ligação anormal com outros órgãos ou com outras partes do intestino.

 

Demais Sintomas da Doença de Crohn

 

Na Doença de Crohn, podem surgir alguns sintomas que nada tem a ver com o trato digestivo. É uma doença que pode causar alguns problemas em outras partes do corpo. Veja alguns exemplos a seguir.

 

  1. Artrite: As articulações, especialmente as articulações dos joelhos e dos tornozelos, podem inchar. Esse inchaço pode fazer com que joelhos e tornozelos fiquem endurecidas e com várias dores.

 

  1. Febre: podemos entender a febre como um sinal de que há uma inflamação. Por isso, é comum ter febre quando os sintomas começam a aparecer. A febre pode durar várias semanas ou até mesmo por meses. Quando a inflamação no intestino é tratada, o paciente deixa de sofrer com a febre.

 

  1. Sintomas perceptíveis na pele: É comum que os pacientes com a Doença de Crohn desenvolvam erupções cutâneas ou doenças avermelhadas e dolorosas na região das pernas.

 

Existem ainda outros sintomas possíveis. Tais como os sintomas que aparecem na região dos olhos. Para se chegar ao diagnóstico mais completo de Doença de Crohn, é muito importante que o paciente informe todos os sintomas possíveis para o seu médico.

 

Tratamento da Doença de Crohn

 

O Tratamento da Doença de Crohn deve ser realizado por etapas. Existe um sistema profissional de saúde que mede a atividade da doença considerando o número de evacuações, a intensidade das dores abdominais no paciente, a presença de fístulas, entre outros fatores que podem ser considerados.

 

A análise desses fatores permite que o médico classifique a doença em grau leve, grau moderado e grau grave. Se o grau é leve, o tratamento indicado pelo médico também será mais leve. Da mesma forma, nos graus de moderado a grave, os tratamentos são mais avançados.

 

Pode ser, inclusive, que nenhuma medicação deva ser recomendada. Porém, isso vai depender do avanço da Doença de Crohn no paciente.

 

O tratamento da Doença de Crohn tem o objetivo de reprimir o processo inflamatório desregulado. Os medicamentos que são atualmente recomendados reduzem as inflamações e permitem o controle dos sintomas. Apesar disso, não é possível curar a doença de Crohn.

 

Um tratamento cirúrgico para a Doença de Crohn é necessário para tratar algumas complicações, obstruções e quando não há uma resposta positiva para o tratamento anteriormente adotado.

Comentários