Tratamento de feridas: Quando usar um curativo com carvão ativado

Tratamento de feridas: Quando usar um curativo com carvão ativado

Tratamento de feridas:
Quando usar um curativo com carvão ativado

Se você passou por algum procedimento cirúrgico recentemente ou está com algum tipo de infecção fúngica, é importante que você use curativo com carvão ativado.

Nesse artigo, vamos abordar sobre o curativo com carvão ativado e entender em quais situações ele deve ser usado em uma ferida.
Vamos também entender sobre porque usá-lo e como usar, além de entender um pouco das suas características e de como ele funciona.
Não deixe de acompanhar esse artigo e boa leitura!

O que é um curativo com carvão ativado?

Primeiro, vamos entender quando esse tipo de curativo deve ser usado:
Caso você tenha passado recentemente por procedimento cirúrgico ou está com alguma ferida com forte odor e que precisa ter cuidado para não proliferar bactérias.

Nesses casos, o uso do curativo com carvão ativado é indicado. Ele funciona de forma que irá prevenir o mal cheiro causado pela ferida.
Esse mal cheiro é controlado pelo carvão que absorve todo o odor para ele mesmo, incluindo também todo o exsudato.
O curativo com carvão é composto por carvão ativado e também é impregnado com prata, ele é todo envolto por uma camada de não-tecido.
Além disso, o uso da prata é para ajudar as bactérias a não se proliferarem, controlando toda a região da ferida.

O curativo com carvão ativado é recomendado nas seguintes situações:
• Feridas com exsudato e com odor
• Úlcera
• Deiscência
• Carcinoma Fúngico
• Feridas profundas ou superficiais

Características e vantagens do curativo com carvão ativado
• O carvão remove todo o exsudato da ferida, o absorvendo
• A prata impregnada no carvão tem o efeito bactericida
• É usado puramente para limpar a ferida
• Não oferece nenhum perigo a saúde
• Não há nenhum efeito colateral
• Total controle de odor com o carvão
• A prata auxilia no combate a micro-organismos
• Pode ser usado por até 7 dias
• Muito confortável para quem o utiliza

Quando o curativo com carvão ativado é indicado?

Sua principal indicação é para feridas que contém exsudato, por facilitar a passagem do mesmo para um segundo curativo.
Além disso, ele acaba controlando o odor causado pelo exsudato.
O curativo é indicado para os seguintes casos:
Deiscências de feridas operatórias
Muitas vezes temos que passar por cirurgias que acabam deixando alguma ferida e que precisa passar pelo processo de cicatrização.
Essas feridas acabam criando exsudatos e são acompanhadas por um mal cheiro.
Úlcera de pressão
Quando o paciente por algum motivo necessita de ficar na mesma posição por muito tempo.
Isso geralmente acontece por quem passa muito tempo em camas de hospitais, por exemplo.
O osso acaba fazendo pressão naquela região da pele, e por fim, aparece uma ferida.
Pés diabéticos
Esse tipo de situação acontece para quem possui diabetes, é necessário está atento a circulação sanguínea das pernas.
Causado pela má circulação irão aparecer pequenas feridas nos pés.
E por conta da diabetes, a cicatrização será prejudicada.
Como usar o curativo com carvão ativado
O curativo com carvão ativado pode ser encontrado em até 6 tamanhos diferentes para atender o paciente da melhor maneira possível.
Agora vou explicar um pouco como pode ser feito o uso do curativo com carvão ativado.
• Irrigue bem a região da ferida com Solução Fisiológica 0,9%
• Seque somente na região ao redor da ferida
• Aplique o curativo na ferida, pode ser colocado em ambos os lados
• Depois cubra com a cobertura adsorvente
• Troque no máximo em até 7 dias
• Dependendo da ferida, é necessário a troca a cada 24 horas
Além disso, tem que estar atento a algumas precauções, como não poder em hipótese nenhuma cortar o curativo.
Isso porque o carvão pode sair e entrar na ferida.
Importante também é não aplicar o curativo com a região da ferida seca, caso contrário, pode causar trauma ao tecido.

Espero que você tenha entendido como usar o curativo com carvão ativado e em qual situação ele deve ser usado.

Até a próxima!

Comentários