Como limpar a pele ao redor do estoma

A pele que fica ao redor do estoma necessita de alguns cuidados especiais, pois é uma pele mais sensível. É preciso tomar cuidado com os equipamentos, curativos e produtos de limpeza para que não machuquem a pele. Saiba como limpar a pele ao redor do estoma.

Realizar uma cirurgia de estomia provoca várias mudanças significativas na rotina de quem passa por esse tipo de intervenção. As pessoas com estomia, além de ter uma atenção especial ao manuseio dos equipamentos ao praticar atividades cotidianas, precisam tomar cuidado na hora de limpar a pele ao redor do estoma.

 Dessa forma, problemas como irritação e feridas na região podem ser facilmente evitados com algumas precauções com a higiene. Continue a leitura e confira os cuidados!

 Atenção ao ajuste da placa

Um dos primeiros cuidados que precisa ser notado é se o recorte do equipamento está do tamanho exato da estomia. Nenhuma parte da pele deve ficar exposta, pois qualquer contato da pele com as fezes ou a urina eliminadas pode causar dermatite.

 Remova os dispositivos com cuidado

A pessoa com estomia tem a opção de tomar banho com ou sem a bolsa. Porém, se você usa um sistema de duas peças, remover a bolsa antes do banho, ficando apenas com a placa (barreira), pode enfraquecer a adesão da barreira à pele. Além de que, resíduos de sabonetes também podem interferir na função do adesivo.

 É preciso ter paciência na hora de trocar o equipamento, assim, você evita lesões que posteriormente inflamem. Por exemplo, se você utilizar o removedor de adesivo, que facilita a troca do equipamento, é preciso também remover os possíveis resíduos deste produto.

 Vale lembrar que, ao realizar esse processo, as mãos devem estar sempre limpas para evitar alguma contaminação.

 Produto para limpar a pele ao redor do estoma

Para limpar o estoma, na maioria dos casos, basta utilizar água morna e uma toalha. Já quando se trata da higienização da pele periestoma, convém usar um sabonete, de preferência neutro e líquido. Evite ainda usar na região óleos ou desodorantes, porque podem provocar irritações na pele ou ainda atrapalhar na adesão da placa após a limpeza.

 Caso você utilize alguma pasta protetora recomendada por especialistas, será melhor removê-la antes de molhar a área. Você pode usar um removedor para isso. E não se preocupe se um pouco de pasta for deixado na pele, você pode tirá-lo com sabonete.

Mas lembre-se, não é indicado esfregar a região em torno do estoma de forma alguma. Nem passando a esponja e nem esfregando a toalha.

 Tenha um pele limpa e seca ao redor do estoma

A pele ao redor do estoma deve estar sempre limpa e seca. A exposição prolongada a umidade pode machucar a pele, além de facilitar a presença de fungos.

 Se a pele estiver molhada, atrapalha na aplicação e colagem dos dispositivos. Certamente, o uso de uma toalha seca e limpa, ou até mesmo um secador de cabelo (sempre na temperatura fria) resolverá o problema.

Na hora de usar algum produto, como pomadas, indicadas por profissionais, é importante testar em outras partes do corpo antes de passar ao redor do estoma – para avaliar possíveis reações alérgicas.

Sabemos que as mudanças causadas pela estomia podem ser um pouco assustadoras. Então procure um profissional especializado para fazer acompanhamento, como um estomaterapeuta. Assim você ficará mais tranquilo e seguro no seu dia a dia!

 E para te ajudar, os equipamentos precisam transmitir confiança. Acesse nossa loja virtual e confira nossas bolsas e curativos: https://casex.com.br/loja

 

Comentários

Próximos Eventos e Congressos

Não há eventos cadastrados